57. Bulimia nos namoros.

Já falei desse assunto antes, nos posts



Volto a falar disso, porque de todos os traços da Bulimia, este é o que permaneceu comigo. :(


Depois dos meu último namorado passei 1 ano solteira, me resguardando e cuidando de mim sem me envolver com ninguém, até me sentir preparada e madura. (conhecidentemente, a história se repete)


Há 1 ano e 2meses comecei um novo relacionamento com o Gustavo. No começo tudo era perfeito e adulto, saudável, como deveria ser. Mas algo em mim começa a se irritar, a não se satisfazer. Um dia eu amo muito, no outro fico com raiva e a instabilidade começa a tomar conta.


Mesmo sabendo da possibilidade de me arrepender, do sofrimento eu vou até o limite para `vomitar`tudo. Jogo o relacionamento inteiro fora. Me esvazil de toda pressão, problemas e dúvidas. Tudo que sai fora do meu controle me incomoda e isso é um problema sério!


Mas o vazil vem logo e o sofrimento causado é horrível. Fico em busca de preencher este vazil a qualquer custo. Me arrependo dos impulsos compulsíveis e entro em um ciclo perigoso e vicioso de querer dar a volta por cima do problema que eu mesma causei. Depois que termino sofro intensamente. .


Vivo colocando o amor a prova.

ou Tudo ou Nada.

O meio termo, não me atrae. Como eu gostaria de cutivar algo bom e saudável. Não só na alimentação, mas nos meus romances. Acho que já melhorei muito e consigo ver isto com maior claresa. Sou extremamente inpaciente e isso é horrível.


O `amor` ao extremo, o medo de perder pra sempre me faz sentir abstinencia da pessoa. Sinto dores físicas e fico sem fome. Ah eu juro que não é bom, é um vício.


Preciso entender o porque continuo com esses comportamentos.

Não suporto a rejeição, mesmo se for de alguém que eu não goste, não consigo encára-la de forma natural. Não suporto não me sentir no controle.



Não importa se o cara presta ou não, quem leva meus relacionamentos pro abismo SOU EU! Estou disposta a olhar pra dentro e tentar não repitir tais comportamentos. A pessoa que ficar comigo terá que entender esta fraqueza, não no sentindo de aceitar, mas no sentido de me ajudar a caminhar e a crescer. Essa história não é a mesma de 2 anos atrás, mas o ciclo vicioso e problemático é!

Comentários

  1. oii, sou bulimica á 1 ano e meio e ler seu blog anda me ajudando muito a encontrar uma força maior k o desejo vicioso da bulimia, eu queria muito ajuda pra livrar dele mal, k me segue á ano, mas nao consigo, amoo de paixão ler seus post e identifico muito com eles.
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Oi,minha amiga ta com bulimia,por mais ou menos esse motivo!só eu sei e ela não quer ir ao medico,nem falar pra familia dela como eu posso ajuda-la?

    ResponderExcluir
  3. creio que isso seja de pessoas como nós, com transtornos alimentares e uma ferida na alma!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas