51. Comer socialmente.


Comer socialmente não é tão fácil como parece.

Ontem meu namorado me chamou a atenção o quanto eu era uma pessoa difícil em relação a isso.

Concordo com ele e aqui vão as minhas regras.

Regra número 1. pedi pra ele que não me levasse a nenhum restaurante que eu pudesse comer o que quiser, porque eu não conseguiria comer pouquinho e faria valer a pena o preço pago, prefiro os por kilo e reduzir nas minhas escolhas.

Regra numero 2. pedi que não me deixasse pedir um prato grande que fosse sobrar muita comida, não consigo me sentir bem para um prato cheio de comida sobrando e também não consigo me sentir bem depois de ter exagerado.

Regra número 3. não ficar falando que tal comida engorda

Regra número 4. deixar eu comer o que quiser, sem querer me controlar ou me alertar.

Regra número 5. não levantar da mesa se eu não terminei
, senão vou colocar td pra dentro rápido e me sentir mal na mesa.

Regra número 6. não tentar me convencer a comer alface quando eu quero um doce, é melhor eu comer um brigadeiro do que 10 alfaces e 10 brigadeiros. Não comer o que deseja não faz a fome passar, só me faz ficar mais ansiosa.

Enfim, já deu pra perceber que comer socialmete não é tão fácil, mesmo depois da cura ainda enfrento algumas regras e dificuldades. Comer é um prazer, mas se não tiver regra pode virar um descontrolo, pelo menos no meu caso. As regras são mais emocionais do que nutricionais.

Este é o preço que meu namorado tem que pagar, as minhas chatices na hora de comer que infelizmente hoje se tornou mais uma obrigação do que uma forma de satisfação.

Comentários

  1. eu também tenho regras, mesmo em casa. é normal porque estes tipos de doenças são mentais e deixam mazelas. por exemplo: há uma coisa que não consigo comer e que já não como há um ano e meio porque penso que vou engordar instantaneamente: Batatas fritas, seja 100 palitos 10 ou apenas 1, não consigo tocar nelas. tenho outros alimentos proibidos que uma pessoa normal sentiria-se confortavel ao comer um bocadinho porque era "dia de festa" ou assim... também sou paranoica em relação aos horários das refeições e odeio comer fora.

    ResponderExcluir
  2. E como foi q vc contou pro seu namorado sobre a doença?
    Tenho problemas de conversar sobre isso com minha mãe!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas