44. É pecado querer ser magro e belo?

Ser bonita/o, ser magra/o, ser jovem, ser atletica/o!

Sim nós queremos ser pessoas belas. Homens e Mulheres, cada vez mais vaidosos!


Não só porque vemos a beleza nas revistas e na TV, mas porque vemos a beleza no mundo. Nos encantamos com o maravilhoso. As vezes chega ser doentil o quanto queremos nos amar. E mesmo que nossos amigos nos ame, mesmo que nossos namorados e namoradas nos ame, ainda sim não será suficiente se não houver o amor próprio.

Um diturbio alimentar pode desencadear com a falta de amor próprio, ou o exesso de narcismo. Mas não é só isso, um disturbio alimentar pode ocorrer por uma série de fatores, como uma desilusão, um trauma, uma pressão, por uma depressão, por um vazil, por uma rotina, por uma crença, por um exagero e entre outras coisas.



Um disturbio alimentar que busca a perfeição não necessariamente está ligada a magresa. Até o exesso da busca de alimentos saudaveis inicia com uma ortorexia.

Seja qual for o disturbio alimentar geralmente eles são as marcas do exagero, da busca infinita de uma superação ilúsória e um tanto insatisfatória.

No caso das pessoas que foram ou são Bulímicas, a maioria não quer estar doente. Querem apenas ser pessoas belas e magras. Querem ser capazes e ter uma relação de paz com a vida e com a própria alimentação. Porém são pessoas que se viciaram em um ciclo e tem medo da vida, da rejeição, medo de falar não, medo de engordar, medo de não conseguir. São pessoas que guardam algum medo dentro de si e tentam passar no exterior que tudo está bem. (e acabam se tornando expert nisso).

Devemos buscar a beleza sim, mas sem o exagero da loucura.
Aprendendo que a cura é o equilíbrio que tanto falta.

O belo não é tão complicado como parece, nem inimigo da cura, a aparencia deve sim ser cuidada e amada, da mesma forma que cuidamos e amamos a nossa casa.

Não é pecado querer a beleza, seja ela no corpo, na decoração, no jardim, na cidade, devemos contempla-la e cuidá-la como um templo.

Mas não podemos deixar que aparencia passe por cima dos sentimentos e da nossa moral. E nunca deixar que a aparencia nos torne doente e obcessivo ao ponto de nos destruir aos pouquinhos. Ou ao ponto de fazer mal as pessoas que nos amam.




Porém não devemos carregar tanta culpa e nem nos sentirmos fúteis por querer um pouco mais de beleza e amor em nossas vidas.

Comentários

  1. "são as marcas do exagero, da busca infinita de uma superação ilúsória e um tanto insatisfatória."
    "Porém são pessoas que se viciaram em um ciclo e tem medo da vida, da rejeição, medo de falar não, medo de engordar, medo de não conseguir. São pessoas que guardam algum medo dentro de si e tentam passar no exterior que tudo está bem."

    É exatamente isso. Sempre tem o tal do "medo" envolvido. Medo de continuar nessa vida e morrer, medo de largar essa vida e descobrir quem vc realmente é... :/

    ResponderExcluir
  2. Ser magra não quer dizer, ser feliz. Eu precisei ter bulimia, me automutilar, tentar o suicídio 2 vezes... para entender isso...

    http://meninaconfusa22.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi sou homem, tenho 23 anos e desde os 19 vivo c esse inferno na minha vida, poxa nao aguento mais, tudo que eu mais queria era voltar ao tempo que nem ligava pro meu corpo e era feliz, hoje tenho compulsao quase que de 3 em 3 dias depois vomito tomo diuretico e no dia seguinte fico bem, feliz pois sera o fim disso so que depois o liquido volta e n consigo me controlar, perdi amigos, joguei fora periodos da minha faculdade pois n frquentava as aulas sempre, enfim ficaria muito feliz se entrasse em contato comigo pelo meu email, obrigado
    carlosrjbr@aol.com

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas