41. Uma delicia ler os comentários de vocês

Adorooooo! Me sinto renovada e com vontade de continuar a cada comentário, a cada pessoa, homens e mulhaeres que se indentificam! Obrigada pelo carinho deixado aqui, pelas histórias leio todas!!! Nao sou contra a vaidade e nem contra a magresa, nao sou contra as pessoas quererem se sentirem mais bonitas, em forma e felizes. Mas a Bulimia é um caminho doloroso, deixa feiz, com marcas, deprime, acaba com as energias e pode náo ter volta.

Meu trabalho aqui é passar um novo conceito sobre o que eu acredito ser o caminho da cura. Algo que dure para vida, que alimente um corpo bonito e saúdavel sem sofrimento e neura!


Eu consegui e continua nessa luta todos os dias da minha vida.

Espero alcançar maiores vitórias e espero ouvir histórias de sucesso que me fazem feli

Obrigada pela visita

grande beijo a todos!

Potira!

Comentários

  1. tenho 17 anos e estou 15 kg acima do normal e adoro comer, como muito, tipo, um prato mais ou menos cheio pois sinto muita fome, depois penso que comer engorda e forço o vomito. e tem horas que eu penso que e melhor nem comer e ja passei 2 dias sem comer nada mas depois a fome e mais forte e eu como. faço isso escondida dos meus pais, familiares e amigos para que nao me julguem ou critiquem, acho que e correto pois e o unico jeito de perder peso e estou feliz por estar começando e obtendo certo sucesso afinal de contas vou emagreçer e ficar linda. tenho 64kg e 1,60m, meu peso ideal seria 49kg mas quero pesar 45kg, vou perder 20kg nem que eu tenha que ficar sem comer e vomitando direto. prefiro ser doente do que ser uma porca gorda pro resto da minha vida.

    ResponderExcluir
  2. Meu Deus, se essa mocinha tem 15 kg acima do normal eu tenho quanto???

    Já é difícil aceitar 56kg com 1,54 de altura, mas saber que tem gente com um IMC menor e mais desesperadas aí eu entro em pane mesmo.

    Sofro de bulimia desde os 16 (antes tive anorexia, perdi 13 kg em 1 mês, depos veio a compulsão e engordei 15), hoje tenho 20. Já tomei remédios, passei em psicólogo e tudo o mais. Não ficava um segundo sozinha por medo que viesse a compulsão novamente. Certa vez decidi melhorar, foi sozinha, sem remédios, sem médicos, sem amigos, provocava vomito 3 vezes ao dia, tomava laxante pelo menos 5 vezes na semana e me matava nos exercícios. Hoje eu peso fica estável, entre 53 e 56 kg, permanece mais nos 56. Ainda me vejo obesa, não coloco comida no prato nem como doces sem pensar antes e depois em quantidades e resultado disso. Hoje vivo de chás, verde e afins. Me esforço muito. Tenho recaídas, porém elas vinham a cada 3 meses, mas estão aumentando novamente, pra uma a duas vezes na semana. Estou com medo. Não moro mais com a minha mãe e não tem alguém que more comigo que possa ajudar. Não quero que volte aquela opressão novamente. E médicos e remédios não ajudam.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas