24. A dor e o Preconceito

Quem ainda não ouviu os comentários? 

Bulimia é uma idiotice. Quem não consegue parar é porque não se esforçou o suficiente. Bulimia é um exagero, é nojento. Bulimia é pra quem é superficial, patricinha mimada. Bulimia é doença de meninas, de adolecentes. Você prefere morrer para ser magra? Bulimia é pra quem não tem nada na cabeça. Tantas pessoas passando fome, e você aí vomitando. Deus castiga.
Enfim, eu concordo que bulimia é horrivel, não só eu, mas muitos que passaram e passam por isso. Porém a dificuldade para se curar não é falta de vontade, nem falta de uma crença espiritual. Uma vez eu ouvi que era bulimica porque ainda não tinha Deus na minha vida. Poxa, porque não fazem este comentário infeliz para os fumantes? Seriam todos fumantes Ateus? A bulimia é um vício e me deixa triste esses tipos de comentários. Ao contrario do que todos imaginam a bulimia não é uma doença superficial. Ela é uma doença que parece te agarrar na alma. Ela deixa de ser só estética e vira psicológica, sair dela meche com seus piores medos e suas piores fraquesas. Mas como dividir esse problema com alguém e como pedir ajuda, se o mundo externo não intende a bulimia? Como conversar com alguém a respeito, se esse alguém a julga de idiota, mimada, louca e sem Deus no coração?

Quando eu estava Bulimica tinha vergonha até de rezar, não me achava merecedora de qualquer ajuda, porque nem a ajuda divina me tiraria dessa. Mesmo que por milagre eu parasse de vomitar, não curaria minha mente e me sentiria desesperada com essa nova condição. Com tantas pessoas pedindo algo mais nobre, não me sentia no direito de pertubar Deus com este problema, que eu mesmo causei. Me sentia hipócrita.

As vezes achamos que podemos parar na hora que quisermos, que só depende de nós, mas não é assim. Quem tem bulimia precisa de toda ajuda e compreensão do mundo. Não falo para apoiar o ato. Eu falo para quem estar assistindo de fora de se colocar do nosso lado. Observar nosso mundo com nossos olhos. Não julgar a doença como coisa de gente idiota. Bulimia é sim uma fraquesa humana, em homens e mulheres. E como todos os homens e mulheres que conheço todos tem suas qualidades e seus defeitos. Não é frescura, bulimia é uma doença e deve ser tratada como tal. 

Quem tem a doença, se envergonha e se esconde. Mesmo aqueles que se dizem a favor da "mia" não aparecem com seus rostos e nomes. Talvez essas pessoa apoiam aqueles que a sociedade recriminam, por também se sentirem recriminados. Pois mesmo quem se diz a favor da bulimia sabe o sofrimento que isso causa. Mesmo quem se diz a favor também chora por ser assim.

Talvez existem pessoas que defendem a "mia" pela carencia e falta de compreensão do mundo externo. Se não houvesse tanto preconceito na sociedade, os bulimicos procurariam ajuda com maior facilidade. 

Mas o preconceito maior de todos ainda é sem dúvida é o preconceito INTERNO.

Texto de . Potira Marie @copyrights reserved 

Comentários

  1. Parabeens pelo blog... Sou bulimica a anos e nunca pedii ajuda, por medo,vergonha, sei la... Enfiim adorei o seu blog, mt legal, realmente só kem passa, ou ja passou por isso p entender...

    ResponderExcluir
  2. o blog ta muito bom :) é totalmente verdade, as pessoas julgam a doença embora nunca tenham passado por nada assim. tenho bulimia a 4 anos e ninguem sabe nem nunca ninguem desconfiou ...e nao tenho intençoes de revelar este segredo, pelo menos por agora...

    ResponderExcluir
  3. Nossa, como comentei em outro post, é como ler a mim mesma!

    Eu sinto tudo isso, tenho vergonha de falar com Deus e depois por "deixa-lo" como se O trocasse por uma mediucridade, como se eu gostasse de futilidade.
    Porque penso como vc, que ah tantas pessoas na terra com tantos problemas sérios e eu aqui com essa "friscurinha". Que tanto me assola e me abate, que quer roubar minha fé e me enlouquecer.

    Fico até meia surpresa pois é o primeiro blog em taantos que já entrei, que realmente fala da bulimia como eu realmente a vivo/sinto...

    Nunca procurei ajuda, e até rejeito a idéia de ler em um site de apoio, porque eles disem sempre a mesma coisa, tudo qeu se refere a na mia eu estou cansada de saber. Mas foi sem querer que entrei aqui e me senti em casa.

    Não vou falar de cada item mas todos te haver comigo.
    Ah tanta coisa que por mais que escrevessemos parece que nunca é o sufisiente, que sempre há algo em nós que as pessoas nunca irão saber, ou intender.

    Novamente, parabéns pelo blog!!

    ResponderExcluir
  4. Hoje estou criando coragem para contar a minha mãe da bulimia... Não sei se vou conseguir, mas quero me libertar dessa doença. São 5 anos de dor, eu não consigo emagrecer assim, estou ficando feia, isolada, desanimada, enfim estou me sentindo um ninguém. Meu maior medo é o preconceito, queria tanto que as pessoas entendessem que isso é uma doença um vicio, não é frescura. Nós sofremos demais, nos machucamos e só queremos ser felizes como todas outras pessoas. Queremos ser magras sim, nao importa pq queremos ser, o que importa é que não merecemos ser julgados e criticados por uma coisa q nós mesmos não conseguimos nos libertar sozinhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  5. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  6. Meu nome é Gabriella , tenho 15 anos e tenho bulimia desde os 14 anos . Posso afirmar que nao é facil , bom minha historia e meio doida sempre fui gorda mas gorda mesmo pesava 80 ate meus 14 anos sofria muito com as zuações dos meninos , e entao resolvi fazer uma reeducaçao alimentar , que foi perfeita com nutricionista , ginastica e alimentação saudável , so que começei a ficar com medo de engorda tudo de novo e pesar 80 de novo , foi ai que tudo começou , com a anorexia e logo em seguida com a bulimia , so que por incrivel que pareça nunca forçei o vomito com dedo , nem tomei laxantes , desde pequena tenho refluxo no estomago e sempre tive ''facilidade'' em vumitar , a primeira vez que vumitei com a bulimia foi porque eu comi muita salada no almoço e senti que peso meu estomago sai correndo pro banheiro vomitar sem mesmo forçar ! Não foi facil em pedir ajuda , minha mãe ja tinha reparado e ja tinha me falado sobre anorexia e bulimia mas nunca imaginei que teria . Fui a uma festa onde inventei de beber bebida alcoolica , tomei uns copos de batida quando fui ver estava no banheiro vomitando com uma amiga do lado me ajudando e foi ai qe desmaiei e quase entrei em coma alcoolico , no outro dia quando acordei chorando pedindo minha mae ajuda porque nao estava aguentando ter mais isso escondendo de todos e vendo que estava me matando , cheguei a pesar 48 ,e mesmo assim me achava super gorda . Pedi ajuda , e procurei um Núcleo que todas deviam conhecer NIAB .peço a Deus força nao so p mim mas para todas as meninas e meninos que tem a anorexia e/ou Bulimia ! E como eu entendo você ! Obrigada por compartilhar conosco o que viveu o que passou ! Deus sempre esta conosco nunca devemos esquecer disso ! Muito bom o Blog !

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas