10. Algumas Consequencias

Falta de informação

Se eu soubesse as consequencias da doença talvez não tivesse entrado nessa.
A única informação que eu tinha é que sendo bulimica, eu poderia morrer. Muitas vezes é a mesma informação que ouvimos sobre as drogas. Mas ninguém que se droga pela primeira vez, ou que vomita para se livrar da culpa da gula, acredita que vai enfartar ou morrer por overdose.
Eu não acreditava que era capaz de engasgar com o próprio vòmito e nem regugitar tanto ao ponto de ficar fraco e morrer. Se eu falar que isso não acontece vou estar mentindo, mas antes mesmo de citar a morte como um dos perigos, devo alertar sobre outros fatores desagradáveis que acompanham a doença e que infelizmente eu descobrir isso depois.

1. Descalsificação dos dentes
Até os meus 15 anos nunca tive uma cárie, meus dentes eram brancos e saudáveis. Com a prática de regugitar depois das refeições, a pessoa libera o suco gástrico junto com os restos de comida. Suco gástrico é o acído que existe no seu organismo para trabalhar na digestão. Ao passar entre os dentes, ele danifica a proteção da arcária dentária, vai desgastando e descalsificando ao longo do tempo. Sem proteção o dente fica frágil, as cáries se instalam com maior faciliade e muitas vezes o dente acaba quebrando.
A probabilidade de você perder um dente antes da hora por causa da bulímia é alta, não apenas um, mas sua arcária dentária inteira vai sentir as conquesequencias do suco gástrico.

Não adianta escovar os dentes depois do vômito. Aliás pode ser até pior, pois uma vez que seus dentes receberam um “banho de acido”, não é recomentado que você os escovem logo em seguida para se livrardo mau gosto. A escova acaba lixando os dentes e piorando a descalsificação sem que você perceba.

2. Queda de Cabelo e Unhas Fracas
Queda de cabelo pode estar relacionada ao estresse emocional. A perda de cabelo meche muito na auto estíma das pessoas. Ser bulimico e esconder uma vida dupla é muito estressante. A falta de nutrientes no corpo, a má alimentação, tudo isso muda o funcionamento do nosso organismo. Nunca vi uma mulher ficar totalmente careca por ser bulímica, mas presenciei falhas no meu próprio cabelo ao ponto de até hoje sentir o reflexo de quando eu era bulímica.

Em uma das tentativas de cura, resolvi entrar em um grupo de ajuda, não parei de vomitar, mas aprendi muito sobre a doença, Conheci outras meninas que tinham o cabelo quebradiço, fraco e com algumas falhas no couro cabeludo. Eu nunca tive problema com minhas unhas. Na verdade eu nunca me importei em ter unhas compridas e bonitas. Mas era outro reflexo da doença, muitas reclamavam de suas unhas fracas.

Comentários

  1. Eu já estou com um pouco dessa descalcificação devido aos altos e baixos em quase 20 anos de bulimia,,,,

    ResponderExcluir
  2. olá meu nome é Flavia tenho bulimia a 2 anos e tive muitos problemas com queda de cabelo e descalcificação dos dentes, por favor procure ajuda o quanto antes,é muito triste, quando me olho no espelho e sinto falta do meu cabelo,de como era antes, mas isso vai passar..

    ResponderExcluir
  3. Mia, parabéns pela iniciativa! Não é qualquer pessoa que tem a coragem de se colocar assim num blog e se dispor a ajudar outras pessoas com a própria experiência. Sou psicóloga e conheci seu blog ao pesquisar sobre bulimia. Tenha a certeza de que você está salvando muitas vidas.

    ResponderExcluir
  4. Comentario mais idiota! - Qualquer um tem coragem quando nao mostra o rosto, kkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ??? eu mostrei, e minha intensao nao é essa, é ajudar unicamente. Ta precisando de algo? bj

      Excluir
  5. Oi, tenho bulimia ha 13 anos e ando passando por diversos problemas de saúde por conta dela...
    Não teria entrado se imaginasse...minha vida anda de cabeças pro ar por conta da bulimia...gostaria que as coisas fossem diferentes...
    Problemas com queda de cabelo, unhas, dentes, alcool e depressões constantes...

    Gostaria de falar e deixar meu parecer dessa doença maldita...

    ResponderExcluir
  6. oi se quiser entre em contato : aamicas@live.com

    ResponderExcluir
  7. fazem uns 13 anos e ão sei mais o que fazer, sinto- me horrível sendo assim mas não consigo mudar. O q faço?

    ResponderExcluir
  8. Oi tenho 28 anos há 9 meses venho me permitindo a esta mutilação comigo, e por mais que eu sei que é errado não consigo parar, até sinto prazer quando termino de vomitar. As vzs como horrores só porque sei que posso vomitar tudo depois. Digo ao meu esposo e familiares que é problema digestivo ou até enxaqueca, até minha filha de quatro anos já demostra preocupação comigo. Não sei o que fazer, não sei como agir...

    ResponderExcluir
  9. É realmente bem gratificante no início da bulimia, você se sente bem e sente também que as pessoas te aceitam melhor. Mas gente, não compensa, há tantos outros meios de emagrecimento saudável e não danoso a saúde mas o que nos fere é o imediatismo, a pressa. Tive bulimia por uma ano e meio e hoje sofro com as consequências, meus dentes que sempre foram frágeis estão acabados, cariados e acreditem, até necrosados, mas não me arrependo, desde que entrei nessa sabia um pouco das consequências e enfrento com seriedade o problema que tive, e hoje aconselho a todas que estão nessa, não compensa, pare e pense um pouco e se ligue que você está ferindo o seu templo irreversivelmente, o seu corpo é sua casa, cuide bem dele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, no inicio agente acha que as pessoas nos aceitam bem porque nos mesmos passamos a nos aceitar, tudo que somos é reflexo do que pensamos e como agimos... Independente de magras ou corpo normal, tudo depende da forma como nos mesmas nos vemos. Quando estamos nos sentindo mais bonitas, magras por causa da bulimia transmitimos mais confiança e segurança para as pessoas por acharmos que estamos perfeitas com o corpo... Mas concordo com vc nosso corpo é o templo e devemos cuidar dele com muito amor e carinho. Bulimia é uma forma de suicídio, pois aos poucos vamos nos matando. Eu passei por isso em 2002 quase morri pois meu estomago e intestino pararam de funcionar e consegui sair dessas doenças, anorexia nervosa e bulimia tem 11 anos que não vomito nem uma vez se quer... Existem muitos prazeres na vida, comer é um prazer mas vomitar toda a comida é como se tirássemos nossas emoções ruins, raiva, tristeza, ansiedade de dentro. Na verdade temos que comer de 3 em 3 horas alimentos saudáveis, fazer atividade física e eu no meu caso faço terapia também que vem fazendo resultados incríveis. Gente, com o tempo o corpo acostuma a colocar tada a comida pr fora do corpo e quando menos esperamos o estomago para de funcionar e olha é uma dor terrível, cheguei a 39kg no hospital sem comer nem poder beber nada, pois o estomago não funcionava mais... é difícil sim , mas jamais sera impossível. Para Deus nada é impossível, temos que ter fé e pedir ajuda a profissionais que poderão nos orientar. Deus abençoe a todos nos hoje e sempre.

      Excluir
  10. Boa noite!
    Tenho transtorno obsessivo compulsivo alimentar desde os 5 anos, e aos 50 anos, participando de uma reunião de comedores compulsivos anonimos, descobri que é uma doença lenta, fatal e dissimulada, sou bulimica, mesmo vomitando por mais de 30 anos cheguei a 138kgrs. Hoje com nove anos de programa mantenho um peso saudável e na maioria dos dias não me suicido comendo e vomitando compulsivamente, entrei aqui para me aprofundar nesta doença, pois hoje eu sei que o autoconhecimento me ajuda a viver livre desta doença.

    ResponderExcluir
  11. Tenho essa maldita há 23 anos, sofri muito preconceito por causa do meu peso, então um dia assistindo um filme chamado o segredo de Katty, mostrando esse mal irremediável comecei a tentar, no começo era fácil, sem problemas, dos 68kg passei a pesar 48kg estava feliz da vida, mas como nem tudo são flores.... Comecei a desmaiar e como ninguém da família sabia do meu problema e nem mesmo eu pois tinha apenas 15 anos, fui ao médico e por causa dos desmaios passei a tomar medicamentos para crises epiléticas,tomei por 5 anos, Gardenal e tegretol, ficava de boa pois os medicamentos não deixavam mais eu desmaiar, passado o tempo, me casei e fiquei grávida mas nem por isso deixei de vomitar e minhas crises não são mensais nem semanais mais sim diárias, vomito todos os dias quase todas as refeições,com a graça de deus minha filha nasceu sem problemas e foi tudo dentro do normal, masssss..... Quando minha filha tinha 3 anos eu tive minha primeira crise de pânico e ansiedade, coração a bater muito forte, respiração infernalmente prejudicada sensação de perda total de controle mental e pensamentos de louca, resolvi contar a minha família e marido, que ficaram abalados mais de mãos atadas, passei a fazer tratamento com medicamentos (Fluoxetina) mas de nada adiantou, reavaliando o meu caso que é bem particular,minha psicóloga diz nunca ter atendido uma paciente como eu pois eu não tenho distorção de imagem, eu não tenho que fazer o mínimo de esforço pra vomitar sai sem fazer nenhum barulho e nem enfio nada na garganta e tem a parte que eu consigo deixar um pouco de alimento dentro do estômago pra não ter episódios de hipoglicemia, que era o que eu tinha logo no começo quando o médico achou que eu era epilética, mas minha vida é um verdadeiro inferno pois além da desgraça do vomito eu tomo um monte de remédios para a ansiedade, pânico, gastrite labirintopatia, e um completo alimentar para não ficar com mais problemas ainda. Vivo a vida pedindo a Deus que me transforme e me liberte dessa doença, pois não acredito na cura total desse mal depois de tantos anos na prática é como respirar já faz parte de mim são 23 anos... Mas eu creio em Deus pois no meu caso só por Deus

    ResponderExcluir
  12. Lendo cada comentário pude me ver em todos!
    Sofro com essa maldita a 9 anos...e realmente não consigo me imaginar comendo alguma coisa e não ir vomitar, me sinto a pior pessoa do mundo por isso..e muitas vezes compro um monte de coisas e passo a tarde toda comendo para depois vomitar... Já não aguento mais...mas não consigo parar..tem dias que vomito de 6 a 7 vezes.
    Estou com medo de morrer...estou com uma anemia séria e tenho medo de ter doenças piores de tanto vomitar,meus dentes jánão são os mesmos..principalmente os da frente vão quebrando as pontinhas...
    Alguém já se curou disso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde!
      Eu já! Tenho 33 anos e dos 15 aos 19 tive essa doença, em primeiro lugar ela aparece porque não gostamos de nos próprios,por mais que nós digam que podemos morrer,nos não queremos saber, até ter algo maior de valor,no meu caso, por incrível que pareça foi a morte do meu filho que me salvou ( fiz uma promessa a deus,ou ao universo) que se ele ficasse bem eu nunca mais faria tal coisa... Por duas vezes estive tentada mas a promessa era sobre o meu filho e tinha de honrar... Ele morreu 4 dias depois de nascer ,depois de um deslocamento de placenta,mas eu senti o que ele sentiu,o alívio! Isso bastou-me!! Foi difícil até porque não tinha grandes razões para viver depois disso.. Mas consegui ! Hoje tenho mais três filhos e um medo enorme de ter consequências da doença.. As mais graves pois as outras já as tenho... Portanto pense bem no que vale a pena... Se ajudar existem muitas respostas no site "somos todos um " boa sorte

      Excluir
  13. Olá, gostaria de compartilhar tbm minhas experiencias de vida, existe outos blogs?!

    ResponderExcluir
  14. Sofro de buliminha a um ano, minha familia sabe minha mae mas agem como se não fosse nada, uma amiga da familia tinha q foi por causa dela q descobri, e como a familia sofreu muito meus país fazem de conta que não tenho nada, eu mio só as coisas gordas ainda consigo deixar as saudáveis, costumo usar o vomito ao meu favor, só quando exagero.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Passo pela mesma situação que você, minha mãe sabe mas fala que é bobeira minha e que deveria parar com isso, ja falei que gostaria de ir a um psicologo e tal mas não me levam a sério. Desde criança sofro a pressão por manter o peso que não posso engordar porque nao é bonito ser gordinha,então descobri a bulimia que no começo me ajudou a emagrecer e tal mas depois não consegui mais parar virou um vicio, tento me controlar ao máximo cuido da minha alimentação e pratico exercícios, porem quando fico ansiosa estressada ou passo por momentos ruins de decepção vem a recaída, procuro consolo em comidas calóricas e dai bate o arrependimento. Sofro com a bulimia há 4 anos e não aguento mais toda vez digo que é a ultima vez, as consequências já me atingem. É tão difícil conviver com ela, e te ataca de uma forma que não importa o lugar que você está você vai dar um jeito de por pra fora.

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas