4. Bulimia não é Anorexia!

Diferente da anorexia, as bulimicas e os bulimicos não tem uma aparencia extremamente magra.

A maioria das bulimicas que conheci pareciam saudaveis fisicamente, muitas delas um pouco acima do peso, mesmo as que se encontravam anos perdidas na doença.

De fato eu ocilei muito de peso, tenho 1,68 de altura e o efeito sanfona era normal na minha vida, o maior ganho de peso que tive foi na minha pior fase bulimica, aonde eu chegava a vomitar de 5 a 7 vezes por dia. Em consequencia tambem ingeria uma quantidade enorme de calorias e terminei o ano de 2001 com 61 quilos. 7 a mais do meu peso ideal. A vez que emagreci mais estava 10 a menos desta marca. Foi exatamente um ano depois. Comia pouco, e vomitava menos ainda, corria todos os dias na praia, só queria comidinha light, suquinho de laranja. Em 10 dias eu fui de 55 quilos a 51.

Este é um primeiro alerta, não se deve julgar um bulimico por sua aparencia fisica. E nunca assimilar seu peso com o estado de saúde.

Não existe regras, ele ou ela pode estar mais cheinho e na sua pior fase, ou mais magrinho e sofrendo também. A Bulimia é uma caixinha de surpresa, é uma identidade secreta, aonde se reconhece a enfermidade por sinais. A Constante perda e ganho de peso repentino pode estar sim ligado a doença, mas como eu disse essa não é uma regra.

O bulimico pode comer de tudo, porém com o tempo ele vai percebendo quais alimentos são mais fáceis de regugitar e acaba dando prioridade a estes. As vezes sua escolha é por cor, outras vezes por textura, a verdade é que ele mal chega a sentir o gosto de cada mordida e acaba comendo tudo de bocada. Não demorou muito para eu descobrir que um dos alimentos mais chatos para me livrar eram os grãos. Eu sentia que de alguma forma eles se perdiam ou grudavam no estomago e isso me deixava irritada. As carnes também viraram um problema. Comia rápido, engolia o alimento e na hora de regugitar, aqueles pedaços machucavam minha garganta, pareciam que iam me asfixiar. Em contra partida tudo que era molenga, pastoso ou liquido facilitava o meu objetivo final. Virei fã de sorvetes de masa, Iogurtes e leites, quanto menos eu precisasse mastigar um alimento, melhor era pra mim.


Texto de . Potira Marie @copyrights reserved

Comentários

  1. Gostei e verdade por mais que não seja recomendado para saiude ele pode sim dar como nao dar no comecoe complicado mais depois de uma semanas seu organismo acostuma e vc come menos

    ResponderExcluir
  2. NUNCA, NUNCA MESMO COMECE COM ISSO! É complicado no começo, no meio e no difícil fim. Você nunca se acostuma a comer menos, come muito e não liga pro seu corpo.
    Nunca, nunca entre nessa.

    ResponderExcluir
  3. Gostaria de conhecer um método para a cura disso, especifico faço terapias para transtorno bipolar e depressão, mas tenho essas compulsões e me sinto muito mal por isso. Estou obesa 40 kilos acima do meu peso e com vontade de morrer.

    ResponderExcluir
  4. Olá flor... Fico feliz de ter encontrado seu blog ... Não tenho bulimia, apenas anorexia.. Estou tratando e realmente quero melhorar. Não tem sido fácil, e as pessoas ao meu redor não me entendem.
    Tenho a mesma altura q você, 1,68 e ano passado cheguei pesar 43 kg... atualmente tenho ficado entre 45 e 46 kg.. Mas ainda tenho dificuldade em passar disso, quando vejo q estou chegando nos 47, tenho medo, e já faço uma dieta ou NF, que vc deve saber bem oq significa ... :/

    Realmente preciso de ajuda, mas o primeiro passo eu já dei, eu quero melhorar..

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas